A Moda da Vida Real

Nunca se viu tantos sites de street style e blogs pessoais ganhando espaço como hoje em dia. Na última temporada de moda, quem queria ver a moda e se inspirar no que usar agora acessava sites como o Stockholm Streetsyle (carolinesmode. com/stockholmstreetstyle) , lá estavam os looks da passarela em pessoais reias, assim como eu e você. Os sites de street style vem ganhando muito espaço entre quem ama e segue a moda, pois eles saem as ruas em busca de looks inspiradores e super bem bolados. Os looks são cheios de personalidade e atitude, e carregam muita tendência de moda, pois mostram na prática como usar as tendências apresentadas nas passarelas. A moda da passarela é linda e me encanta, mas ela é distante, fria e muitas vezes irreal para os padrões normais. Quando cito “padrões normais” me refiro não somente a roupa, mas principalmente ao corpo das modelos. As modelos são lindas, magérrimas e altas, agora eu me pergunto quantas mulheres assim eu conheço no meu dia a dia? Poucas das mulheres que eu conheço e que consomem a moda são como as que eu vejo nos sites de moda de ruas e nos blogs. Acredito que daí vem à força do famoso “look do dia”, na ânsia de mostrar de uma forma real e em pessoas que não são perfeitas e nem magérrimas o que e como usar as pessoas que são os hits da estação. A moda dos desfiles são para editoras de moda, estilistas, e quem trabalha com moda, afinal, são grandes nomes como Karl Lagerfield que ditam o que vamos usar e desejar na próxima estação. Já as blogueiras e os sites de street style levam de uma forma simples e descomplicada até o consumidor final a forma de usar e colocar “no papel” estas informações dos desfiles. Acredito muito nestes canais de comunicação, pois eles aproximam as pessoas, deixam tudo mais real nesta fase tão digital. Passarela me enche os olhos e a alma, tudo é belo e respira a arte. Não tenho a pretensão de dizer que um canal é melhor que o outro, por favor não me entendam errado, mas acredito que cada um destes meios cumpre o seu papel.