Mamoplastia de aumento

Nos dias atuais, a procura por mamoplastias de aumento tem crescido muito devido à evolução das técnicas operatórias e anestésicas, além de ser um procedimento ambulatorial, sem necessidade de internação. A maior parte dos pacientes opta pela técnica axilar videoendoscópica, onde realizamos uma pequena incisão exatamente na prega axilar de aproximadamente três centímetros. Com auxílio do vídeo posicionamos o implante mamário no espaço entre a fáscia muscular e a glândula mamária (técnica subfascial), o que nos dá um resultado muito atraente e natural, além de deixar a mama sem nenhuma cicatriz. O tipo de anestesia para esta intervenção é local, com sedação leve. Não é necessário fazer anestesia geral ou peridural, o que diminui muito o tempo de internação, pois os efeitos da anestesia são praticamente nulos, fazendo com que o paciente possa retornar à sua residência aproximadamente duas horas após a cirurgia. Ela pode ser realizada em hospital ou clínica de cirurgia plástica. A recuperação é rápida e o retorno às atividades normais é, em média, cinco dias após a cirurgia, pois com o uso do vídeo conseguimos posicionar a prótese com precisão e simetria, sem a necessidade de cortar o músculo, o que diminui muito o trauma e promove uma recuperação mais rápida e com menos dor. Outra grande vantagem desta técnica é que a cicatriz, que fica posicionada na axila, se encontra distante do implante mamário. Por este motivo, não sofre a ação da gravidade e a pressão que um edema normal de pósoperatório exerceria sobre a cicatriz, razão pela qual esta pode ser fechada com cola biológica ou pontos absorvíveis. Isto resulta em uma cicatriz com uma qualidade muito superior e praticamente imperceptível após alguns meses de pós-operatório.